TV Assembleia

Fale Conosco | Notícias
28-02-20 15:09

Receita Federal no Piauí divulga programa da Declaração do Imposto de Renda 2020

Escolha abaixo o sistema operacional correto do seu computador, notebook, tablet ou celular e faça o download do programa

O programa para fazer a Declaração de Imposto de Renda 2020 já está disponível para download no site da Receita Federal. Este ano, os bens e rendimentos referentes ao ano de 2019 devem ser declarados entre os dias 2 de março e 30 de abril de 2020. O governo espera receber cerca de 32 milhões de declarações no período.


A plataforma para o preenchimento da declaração é o mesmo para as deduções legais e os descontos simplificados. E ainda orienta o contribuinte sobre as formas de tributação e mostra os dados comparativos para que ele escolha a melhor opção.

 Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019. O valor é o mesmo da declaração do IR dos últimos dois anos.

Para o delegado da Receita Federal no Piauí, Eudimar Alves, o programa divulgado pela instituição é desde o dia 20 de fevereiro é importante porque permite aos contribuintes organizar seus documentos e antecipar o preenchimento da declaração. Ele explicou como funciona o programa, que a cada ano sofre alterações, tornando as declarações mais inteligíveis.

A auditora fiscal Lara Portela esclareceu sobre os critérios da obrigatoriedade da declaração, observando que não houve alterações em relação ao ano passado. 

O auditor José Valter de Oliveira, explicou sobre a campanha destinação, onde o contribuinte investe uma parte do impostos e renda em projetos sociais que atendem crianças, adolescentes e idosos.

Os contribuintes que enviarem as informações no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também receberão mais cedo as restituições do imposto. Os Contribuintes que perderem o prazo estarão sujeitos a multa de até 20% sobre o imposto devido.

É possível fazer a declaração em celulares e tablets por meio do aplicativo "Meu Imposto de Renda". Baixe a versão de acordo com o sistema operacional do seu aparelho, que pode ser Android ou iOS.

Quem possui Certificado Digital pode optar pela declaração pré-preenchida, disponível no centro virtual de atendimento (e-CAC) da Receita.

Faça o download conforme o sistema da sua máquina

Escolha abaixo o sistema operacional correto do seu computador, notebook, tablet ou celular e faça o download do programa do IR 2020. Basta clicar em cima do texto.

Para computadores e notebooks

Versão para Windows

Versão para Mac

Versão para Linux 32

Versão para Linux 64

Versão para Solaris

Versão Multiplataforma

Para celulares e tablets

Aplicativo para Android (aparelhos de marcas como Samsung, Motorola etc.)

Aplicativo para iOS (iPhone e iPad)

Prazo de entrega começa dia 2 de março

O prazo de entrega da declaração começa no dia 2 de março e vai até as 23h59 do dia 30 de abril, pelo horário de Brasília. A Receita espera receber 32 milhões de declarações do IR 2020. Em 2019, foram entregues 30,677 milhões de declarações.

Quem atrasar a entrega terá de pagar multa de 1% sobre o imposto devido ao mês. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto devido.

Quem é obrigado a declarar

Se você se enquadra em pelo menos uma das situações abaixo, é obrigado a entregar a declaração do IR 2020. Basta se encaixar em qualquer uma das situações, não precisa ser em todas.

  • Recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano (salário, aposentadoria ou aluguéis, por exemplo); ou
  • Ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (como indenização trabalhista ou rendimento de poupança); ou
  • Teve ganho com a venda de bens (casa, por exemplo); ou
  • Comprou ou vendeu ações na Bolsa; ou
  • Recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano-calendário de 2019 ou nos próximos anos; ou
  • Era dono de bens de mais de R$ 300 mil; ou
  • Passou a morar no Brasil em qualquer mês de 2019 e ficou aqui até 31 de dezembro; ou
  • Vendeu um imóvel e comprou outro num prazo de 180 dias, usando a isenção de IR no momento da venda.

CPF é obrigatório para todos os dependentes

Desde o ano passado, a Receita Federal exige que o contribuinte informe o CPF de todos os dependentes e alimentandos, inclusive recém-nascidos. A exigência continua valendo no IR 2020.

Com informações UOL Imposto de Renda e TV Assembleia do Piauí


Fontes: TV Assembleia (Por André Linhares) / UOL Imposto de Renda
Imagem: André Linhares - TV Assembleia
Videorreportagem: André Linhares e Edenilton Terço



mais noticias




R. Desembargador Mota, Sem Número - Monte Castelo - Teresina/PI (86) 3326 2300 e (86) 3326 2301
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí